Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Darcy na Darcy

Lançada no final de setembro, nova edição da revista traz criador da UnB na capa

 

Ingrid Borges

 

O antropólogo e político Darcy Ribeiro é assunto de capa da 15ª edição da revista batizada com o seu nome, e especializada em jornalismo cultural e científico. A revista, que já está circulando pela Universidade, foi lançada no final de setembro no Salão dos Atos da Reitoria.
A publicação, com 12,5 mil exemplares de tiragem, ainda traz reportagens sobre o “kit dengue” desenvolvido por uma aluna da UnB, o uso de cobaias em experimentos científicos e o caso raro de uma criança brasiliense que nasceu sem língua.
Durante o lançamento, o diretor de redação da Darcy e também professor de Jornalismo Científico da FAC, Paulo Paniago, mostrou-se orgulhoso ao falar da publicação: “É uma revista belíssima, é o cartão-postal da nossa universidade, e funciona como uma espécie de repercussão do que produzimos aqui”, comentou. “Espero que a revista tenha vida longa e uma trajetória bonita como ela vem tendo até agora.”
O ex-professor da FAC e criador da revista, Luiz Gonzaga Motta (foto), contou que a Darcy foi criada com o intuito de “fazer com que as pesquisas que estavam escondidas nas prateleiras da Biblioteca da UnB tivessem conhecimento público”. Para Gonzaga Motta, uma universidade pública precisa dar retorno à sociedade e mostrar por que e para que existe. 
Baga, como é conhecido na FAC, afirmou que estava feliz com a divulgação e pediu apoio para novas edições. “Não podemos permitir que essa revista acabe. Ela precisa circular e ser publicada regularmente. Esse produto é nosso; não tem pai nem mãe, nós é que somos responsáveis”, ressaltou. 
Durante o lançamento, o conselho editorial recebeu uma oferta de parceria do presidente da Sociedade Brasileira de Biotecnologia, Luiz Antônio de Castro. O cientista destacou a dificuldade de se produzir uma revista científica no Brasil e fez uma proposta a longo prazo. “Eu desejo que a Darcy continue, mas não acredito que uma revista sobreviva baseada em possibilidades de financiamentos governamentais. Para isso, é preciso ter uma estratégia financeira”, sugeriu.
A Darcy é distribuída na Universidade e na rede pública de ensino do Distrito Federal, ganhou uma página na internet (www.revistadarcy.com.br) e pode ser acessada eletronicamente (http://issuu.com/revistadarcy/docs/darcy_15).

Notícias Darcy na Darcy